Não brincaremos com a inflação - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula: Não brincaremos com a inflação

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que o governo não tem o direito de deixar que a inflação volte a atacar o Brasil. De acordo com ele, a inflação causada por alimentos é um alerta porque tem mais gente consumindo e é preciso aumentar a produção.

Agência Estado |

Nesse sentido, o presidente explicou que o governo tem uma política de incentivos para produzir mais para ter um estoque regulador mais denso.

Lula mencionou como parte dessa política o Plano Safra, que anunciará em Curitiba, amanhã, e o programa para dobrar a produção da agricultura familiar até 2010, a ser lançado na quinta-feira. "Não se engane. Se tem alguém especulando com a expectativa inflacionária, se tem interesses nessa especulação, não está passando nem perto do governo federal, porque não vamos permitir que a inflação volte", advertiu. "Temos a obrigação de fazer um acompanhamento de preços e não brincaremos com a inflação", enfatizou.

O presidente recordou, em entrevista à imprensa concedida após a reunião com chefes de Estado dos Países da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), realizada na cidade argentina de San Miguel de Tucumán, que quando era trabalhador e depois sindicalista conviveu com inflações anuais de 40% e 80%. Nesse sentido, repetiu: "Isso não vai voltar a acontecer no Brasil". Ele acrescentou ainda que a questão da alta dos preços o preocupa desde o seu primeiro emprego em 1959. "Toda a minha vida eu vivi de salário. E sei o quanto a inflação prejudica o trabalhador."

Leia mais sobre inflação

Leia tudo sobre: inflação

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG