Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula amplia acesso às linhas do microcrédito

Em meio ao esforço de destravamento do crédito no País, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou decreto que amplia o acesso às linhas de crédito dentro do programa nacional de microcrédito produtivo, criado em 2005. A medida eleva de R$ 60 mil para R$ 120 mil o limite de renda bruta anual exigida de microempreendedores - pessoas físicas ou jurídicas - interessados em pegar este tipo de financiamento.

Agência Estado |

 

O decreto foi publicado na edição desta quarta-feira do Diário Oficial.

De acordo com o Ministério do Trabalho, a ampliação do limite de faturamento estava sendo reivindicada pela rede de instituições habilitadas a operar o microcrédito há mais de um ano. A justificativa é que a mudança seguiria em linha com os ajustes feitos naquela época na lei do Super-Simples e que beneficiou as micro e pequenas empresas. A decisão saiu no momento em que o mercado de crédito brasileiro se ressente da falta de recursos externos e reduz a oferta de empréstimos.

Os bancos são obrigados a direcionar 2% dos depósitos à vista para o microcrédito, com juros de 2% e 4% ao mês. Ainda de acordo com o Ministério do Trabalho, hoje existem mais de 600 mil pessoas sendo atendidas pelas linhas desse programa.

Mais notícias:

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

Leia tudo sobre: crédito

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG