Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula afirma que pacote de habitação tinha excesso de juros

BRASÍLIA ¿ O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou nesta quarta-feira o excesso de juros inclusos no pacote de habitação proposto pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega. O pacote deveria ter sido anunciado no dia 20 de janeiro, mas o presidente pediu ao ministro da Fazenda que as medidas fossem estudadas com mais ¿cautela¿ antes de serem anunciadas.

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |

Foi apresentada uma proposta para mim e não gostei e pedi para refazerem. A primeira proposta não me contentava porque tinha muitos 'penduricalhos' de juros e de coisa que nós temos que tirar."

Lula informou ainda que propriedades da União poderão ser disponibilizadas para o programa. Estamos vendo quais as possibilidades de terrenos da União que podem ser disponibilizados para baratear, quais os estados que podem doar terrenos, quais as prefeituras que podem doar terrenos, porque o que nós queremos é construir a casa, com melhor qualidade, mais barata e para isso nós precisamos ter um terreno, que tem uma incidência muito grande no valor de uma habitação, acrescentou. O projeto prevê a construção de até um milhão de moradias populares até 2010.

Questionado sobre quando o governo anunciará o novo projeto de habitação, Lula disparou: Assim que me convencerem do programa nós vamos fazer. Achamos que ele [o programa] é bom porque a construção civil é uma área extremamente importante para gerar empregos, dinamizar a economia, o setor siderúrgico e sobretudo a mão de obra menos especializada no Brasil, completou.

Leia mais sobre habitação

Leia tudo sobre: habitação

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG