Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lucro operacional do Grupo Metro cresce 11% nos 9 primeiros meses do ano

Frankfurt (Alemanha), 30 out (EFE).- O grupo atacadista alemão Metro registrou um aumento de 11% em seu lucro operacional entre janeiro e setembro deste ano em comparação ao mesmo período de 2007, atingindo 855 milhões de euros (US$ 1,128 bilhão).

EFE |

Segundo informou hoje o Metro, o faturamento do grupo cresceu 7,1% nos três primeiros trimestres do ano, chegando a 47,8 bilhões de euros (US$ 63,096 bilhões).

No entanto, o grupo sentiu a queda do consumo pela crise financeira nas cadeias de eletrodomésticos Media Markt e Saturn, que são um importante motor para o crescimento da empresa e sofreram uma queda em seu lucro operacional no terceiro trimestre, que foi de 117 milhões de euros (US$ 154 milhões).

O presidente do grupo, Eckhard Cordes, anunciou que a companhia se preparou "para tempos mais difíceis", e por isso reduzirá os custos e seu plano de investimento para 2009.

"As vendas do Natal não serão catastróficas, nem fantásticas", disse Cordes.

O Metro quer se desligar das galerias Kaufhof, que alcançaram números negativos no terceiro trimestre.

O grupo possui os estabelecimentos de vendas atacadistas Metro e Makro (Metro Cash & Carry), os supermercados Real e Extra, as lojas de produtos eletrônicos Media Markt e Saturn, e as lojas de departamento Kaufhof.

As marcas que geram maiores lucros à companhia são a Metro e Makro, assim como as lojas Media Markt e Saturn.

Na Bolsa de Frankfurt, as ações do Metro subiam 8,9% por volta das 12h15 de Brasília, para 23,96 euros. EFE aia/ab/plc

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG