SÃO PAULO - O lucro líquido da American Express caiu 24% em relação ao ano passado, conforme reportou a empresa hoje em seus resultados do terceiro trimestre. Entre os meses de julho e setembro, a empresa registrou lucro líquido de US$ 815 milhões, ou US$ 0,70 diluído por ação, enquanto no mesmo período do ano passado a companhia havia ganho US$ 1,07 bilhão, ou US$ 0,90 por ação.

Apesar da queda, o resultado obtido pela companhia superou as expectativas do mercado.

Os ganhos por operações continuadas da AmEx no período ficaram em US$ 861 milhões, contra US$ 1,1 bilhão do terceiro trimestre de 2007, o que significa uma retração de 23%.

Segundo a companhia, a diminuição do ritmo de ganhos é um reflexo direto do esfriamento dos negócios nos EUA. "Nós já víamos claramente, antes deste ano, sinais de enfraquecimento do ambiente de negócios. A recente volatilidade dos mercados tem confirmado nossa perspectiva de redução no consumo e nos volumes de negócios, traduzindo numa fraca economia em todo mundo em 2009", declarou a companhia em nota.

Ainda na comparação deste terceiro trimestre com o mesmo período do ano passado, a Amex destacou o crescimento de 3% na sua receita líquida consolidada, sem despesas com juros, que somou US$ 7,2 bilhões. As provisões para perdas aumentaram 51% para US$ 1,4 bilhão. As despesas totais atingiram US$ 4,7 bilhões, superando em 4% o gasto no mesmo período do ano passado.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.