Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lucro do Société Générale caiu 83,7% por causa da crise financeira

Paris - O banco francês Société Générale anunciou hoje que seu lucro líquido no terceiro trimestre do ano caiu 83,7% para 183 milhões de euros, por causa da crise financeira.

EFE |

A entidade, que antecipou três dias a publicação de seus resultados trimestrais, estimou em 1,2 bilhão de euros o impacto em suas contas da crise financeira, disse o banco em comunicado.

Com esta publicação, o banco pretende combater os rumores de perdas que circulavam nos mercados e que criavam uma grande volatilidade em suas ações.

O Société Générale disse que sem levar em conta os elementos excepcionais seu resultado líquido ficaria dentro das previsões anunciadas em meados de outubro, rondando o bilhão de euros.

A entidade disse que a injeção de liquidez dos bancos centrais para apoiar o setor financeiro permitiu "uma reabertura progressiva dos mercados interbancários", que tinham permanecido "quase paralisados durante várias semanas".

O resultado bruto de exploração do terceiro trimestre chegou a 1,411 bilhão de euros, 29,5% menos que no mesmo período de 2007, enquanto o produto líquido bancário caiu 5%, para 5,108 bilhões de euros.

Nos nove primeiros meses do ano, o lucro líquido do banco chegou a 1,923 bilhão de euros, frente a 4,298 bilhões do mesmo período do ano anterior, o que representa queda de 55,3%.

O resultado de exploração até final de setembro ficou em 4,812 bilhão, 32,7% menos, enquanto o produto líquido bancário caiu 9,3% para 16,371 bilhões de euros.

O diretor-geral do banco, Frédéric Oudéa, assegurou hoje que não há nenhum diálogo para "se aproximar" do banco BNP Paribas e mostrou sua confiança na capacidade da entidade para enfrentar a crise por seus próprios meios.

"Confio no Société Générale, em sua capacidade para prosseguir sua estratégia de forma independente", afirmou Oudéa.

Considerou "exagerados" os medos no mercado sobre as ações do banco, que neste ano caíram 54%.

Leia mais sobre: crise financeira

Leia tudo sobre: crise financeira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG