Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lucro do Panamericano cai 15% no terceiro trimestre

SÃO PAULO - O Banco Panamericano obteve lucro líquido consolidado de R$ 59,9 milhões entre julho e setembro deste ano, o que representa queda de 14,9% sobre o ganho registrado no mesmo período de 2007, de R$ 70,4 milhões. O resultado bruto da intermediação financeira subiu 5,4% na mesma comparação, para R$ 402,6 milhões.

Valor Online |

No relatório em que apresenta seus resultados, o banco diz que encerrou o mês de setembro com uma liquidez de curto prazo de apenas R$ 162 milhões, o que correspondia a 7,4% do total de depósitos a prazo na mesma data, de R$ 2,181 bilhões.

No entanto, a instituição destaca que, em 31 de outubro, a posição de liquidez havia saltado para R$ 526 milhões, para um montante total de depósitos a prazo de R$ 1,568 bilhão, o que revela uma relação de 33,6%.

Ainda segundo o Panamericano, "apenas R$ 268 milhões, ou 17,1% (do total dos depósitos a prazo) vencem até o final deste ano".

Para melhorar sua posição de caixa, o banco informou que apenas no mês de outubro obteve R$ 1,215 bilhão por meio de cessões de créditos para Fundos de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDCs) e outros bancos, "um volume expressivo de recursos que proporciona ao banco um colchão de liquidez suficiente para honrar os compromissos de curto prazo além de prover recursos para as atividades de financiamento, sem comprometer a capacidade de geração de novos ativos".

A carteira de crédito total da instituição, incluindo cessões, atingiu R$ 9,454 bilhões no fim de setembro, com avanço de 48% em 12 meses. A expansão foi puxadas pelas operações financiamento de veículos (+36,4%), leasing (+135%) e crédito consignado +154%).

Do lado do funding, a captação total do banco fechou setembro em R$ 8,566 bilhões, com avanço de 26,7% em 12 meses. Deste total, as cessões de crédito para outros bancos somaram R$ 2,579 bilhões (+24,3% em 12 meses) e o repasse para FIDCs outros R$ 2,115 bilhões (+12,9%).

Os ativos totais do Panamericano eram de R$ 8,434 bilhões ao final do terceiro trimestre, com alta de 41,6%. Já o patrimônio líquido da controladora era de R$ 1,469 bilhão, com alta de 161% ante setembro de 2007.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG