Madri, 28 out (EFE).- O Grupo Santander informou hoje que obteve um lucro líquido atribuído de 6,935 bilhões de euros (cerca de 8,668 bilhões) entre janeiro e setembro de 2008, uma alta de 5,5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Este resultado, levemente inferior às previsões dos analistas, é explicado, em grande parte, à evolução das entradas, que cresceram 8%, contra 20% dos custos.

Esses registros determinaram um aumento de 20,6% da margem de exploração - o que melhor reflete a evolução do negócio puramente bancário -, explicou a entidade.

A taxa de inadimplência ficou no fechamento de setembro em 1,63%, contra 0,89% do ano anterior, o que se traduziu em uma maior necessidade de provisão para insolvências, que subiu 67%, aos 3,992 bilhões de euros (aproximadamente US$ 4,99 bilhões). EFE asa/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.