SÃO PAULO - O Google - que administra o sistema de busca na internet mais usado em todo o mundo - anunciou hoje aumento de lucro e receitas no segundo trimestre, comparativamente a 2007. Os resultados, contudo, decepcionaram os analistas e as ações da empresa, que recuaram 0,4% no horário regular de pregão em Nova York, perdem 7% no after market.

O lucro líquido do gigante, que também é dono de sites populares como o You Tube e o Orkut, cresceu 35% no segundo trimestre de 2008, atingindo US$ 1,25 bilhão ou US$ 3,92 diluído por ação. Um ano atrás, o ganho líquido foi de US$ 925,1 milhões, o correspondente a um lucro por ação de US$ 2,93.

Desconsiderando itens extraordinários, o lucro por ação passa a US$ 4,63. Para esta base, analistas projetavam um ganho de cerca de US$ 4,74 por papel. O lucro líquido também ficou abaixo do registrado no primeiro trimestre deste ano, de US$ 1,31 bilhão (US$ 4,12 por ação).

Nos três meses encerrados em junho, as vendas do Google - traduzidas, em grande parte, pelo comércio de anúncios - evoluíram 39%, para US$ 5,37 bilhões. Excluindo da conta as comissões que o Google paga a seus parceiros de distribuição de conteúdo, a receita líquida passa a US$ 3,9 bilhões, uma alta de 43% sobre o segundo trimestre do ano passado.

As receitas nos sites próprios do Google cresceram 42% sobre 2007 e 4% perante o primeiro trimestre de 2008, para US$ 3,53 bilhões. Em sites parceiros, o faturamento somou US$ 1,66 bilhão, uma alta de 22% ante 2007. Em relação aos três meses anteriores, porém, foi uma queda de 2%. Segundo o relatório de resultados da companhia, os links patrocinados aumentaram 19% ante 2007, mas diminuíram 1% frente ao primeiro trimestre deste ano.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia mais sobre lucro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.