Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lucro do BNDES cai 27% em 2008, para R$ 5,3 bilhões

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) teve lucro líquido de R$ 5,3 bilhões no ano passado, valor 27,4% menor que o de 2007. A instituição atribuiu a diminuição principalmente à redução dos spreads bancários e menor recuperação de crédito.

Agência Estado |

Spread é a diferença entre o juro do crédito e o custo de captação dos recursos.

O resultado bruto de intermediação financeira do BNDES caiu de R$ 4,7 bilhões para R$ 3,8 bilhões de um ano para o outro. Segundo nota do banco, essa queda se deve à redução dos spreads cobrados pelo BNDES, o que, por sua vez, "contribuiu para a redução do custo total dos financiamentos do banco, favorecendo, dessa forma, novos investimentos na economia".

Em 2008, as receitas obtidas pela reversão de provisão para o crédito considerado de difícil recuperação foram de R$ 445 milhões, enquanto que, em 2007, elas foram de R$ 1,3 bilhão. Para o banco, "essa situação reflete a alta qualidade da carteira de crédito do BNDES e seu baixo nível de inadimplência". Uma vez recuperado o crédito, ele sai da conta de provisão, que diminui.

O BNDES informa que "a crise financeira internacional não afetou a qualidade da carteira do sistema BNDES, com 98,2% do total dos créditos concedidos classificados entre os níveis de risco AA e C, em 31 de dezembro de 2008, superior à média do Sistema Financeiro Nacional". A taxa de inadimplência foi de 0,15% da carteira total.

O resultado de participações societárias em 2008 foi de R$ 6 bilhões, bem próximo ao de 2007, que foi de R$ 6,1 bilhões, apesar da crise.

Leia mais sobre BNDES

Leia tudo sobre: bndes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG