Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lucro do Besc cai 26% no semestre, para R$ 21,65 milhões

SÃO PAULO - O Banco do Estado de Santa Catarina (Besc), que está em fase final de incorporação pelo Banco do Brasil, fechou o primeiro semestre do ano com lucro líquido consolidado de R$ 21,65 milhões, queda de 26% sobre os R$ 29,33 milhões obtidos em igual período do ano passado. Com isso, a rentabilidade sobre o Patrimônio Líquido Médio anualizada fica em 22,62%.

Valor Online |

No semestre, as operações de crédito da instituição somaram R$ 712 milhões, crescimento de 14% sobre igual período do ano passado. Considerando o mesmo período, as provisões para créditos de difícil recebimento avançaram 8,3%, totalizando R$ 30,44 milhões.

Segundo o Besc, esse crescimento reflete a expansão de empréstimos para pessoas físicas, especialmente, no segmento consignado. O banco também destaca a qualidade da carteira, com 94,59% dos créditos com classificação de risco entre AA e C.

De janeiro a junho desse ano, as receitas com intermediação financeira apresentaram alta de 5,2%, saindo de R$ 324 milhões, para R$ 341 milhões. Por outro lado, as despesas com intermediação avançaram 22%, somando R$ 195 milhões. Tal aumento reflete o maior custo de captação e das operações de repasse. O aumento nos custos não foi maior porque foi registrada uma redução 13,5% na provisão para créditos duvidosos entre um semestre e outro.

Com isso, o resultado bruto da intermediação financeira fechou o semestre em R$ 146 milhões, queda de 11% no comparativo anual. A receita com prestação de serviços teve queda de 1,7%, somando R$ 82,47 milhões.

Em 30 de junho o banco tinha ativos totais de R$ 6,27 bilhões, montante 24% maior do que o registrado em 30 de junho de 2007.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG