MADRI (Reuters) - A Telefónica anunciou nesta sexta-feira queda de 28,7 por cento no lucro líquido em nove meses em relação ao mesmo período do ano passado, que foi impulsionado por ganhos extraordinários de 2,6 bilhões de euros gerados por venda de ativos. O lucro líquido até o fim de setembro foi de 5,596 bilhões de euros (6,99 bilhões de dólares), em linha com a previsão de 5,571 bilhões de dólares feita pela Reuters.

Sem considerar itens extraordinários, o lucro líquido subiu 23,5 por cento, informou a Telefónica. "Os resultados estão em linha com as estimativas e parecem sólidos", disse um operador de Madrid.

As receitas da empresa subiram 2,7 por cento, para 43,141 bilhões de euros, com um forte desempenho da América Latina contrabalanceando crescimento menor na Espanha e leve declínio na Europa.

A Telefónica teve queda de 6,7 por cento no lucro operacional antes de depreciação e amortização, para 17,026 bilhões de euros, também em linha com uma previsão da Reuters de 16,960 bilhões de euros.

A companhia reiterou metas para 2008, de crescimento de receita orgânica entre 6 e 8 por cento e crescimento do lucro operacional antes de depreciação e amortização entre 7,5 e 11 por cento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.