Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lucro da Shell cresce 33% no segundo trimestre

SÃO PAULO - A petrolífera anglo-holandesa Royal Dutch Shell encerrou o segundo trimestre deste ano com lucro líquido de US$ 11,55 bilhões, o que representa um crescimento de 33% em relação ao mesmo período do exercício anterior, quando o ganho somou US$ 8,66 bilhões. Excluídas as variações nos preços dos estoques da companhia, o lucro a custo corrente ficou em US$ 7,9 bilhões, alta de 5%.

Valor Online |

O descarte dos valores relativos à variação dos estoques é um critério utilizado pelos analistas de mercado para comparar os resultados da empresa com o de suas congêneres americanas.

O resultado ficou cerca de US$ 500 milhões abaixo das projeções de analistas. A diferença reside na avaliação de alguns derivativos financeiros que a Shell acabou não vendendo. No entanto, a empresa aumentou em US$ 2 bilhões as estimativas para os investimentos ao final deste ano, para algo entre US$ 35 bilhões e US$ 36 bilhões.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG