SÃO PAULO - A incorporadora Rodobens Negócios Imobiliários encerrou o terceiro trimestre do ano com lucro líquido de R$ 32,56 milhões, resultado mais de duas vezes maior que os R$ 15,94 milhões registrados em igual período do ano passado. Entre julho e setembro, a receita líquida da companhia apresentou crescimento de 225% ante 2007, somando R$ 115 milhões.

A geração de baixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) aumentou mais de quatro vezes, saindo de 7,8 milhões no terceiro trimestre do ano passado, para R$ 32,12 milhões em igual período de 2008, com margem de 27,7%.

A companhia fechou o trimestre com um Valor Geral de Vendas (VGV) lançado de R$ 149,27 milhões, uma queda de 17% no comparativo anual. Já as vendas contratadas ficaram praticamente estáveis no comparativo anual, somando R$ 102,9 milhões.

Em comparação com o segundo trimestre de 2008, o VGV lançando da companhia caiu 29%, e as vendas contratadas recuaram em 46%.

A companhia aponta que o número de lançamento foi reduzido no trimestre em função do ambiente eleitoral em alguns municípios e do ambiente de incerteza sobre a demanda de curto prazo. Foram lançados 10 empreendimentos, totalizando 1.378 unidades.

A incorporadora fechou o trimestre com R$ 131 milhões em caixa e endividamento de R$ 144 milhões, totalmente proveniente do SFH (recursos de poupança) para a construção de empreendimentos somente. A companhia também destaca que não possui endividamento não-SFH, nem exposição cambial ou a derivativos.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.