Tamanho do texto

SÃO PAULO - A empresa de meios de pagamento Redecard encerrou o segundo trimestre deste ano com lucro líquido de R$ 255,9 milhões, o que representa um crescimento de 43,7% em relação ao mesmo período de 2007, quando o ganho somou R$ 178,1 milhões. O avanço das receitas em ritmo bastante superior ao dos custos e despesas foi o grande responsável pelo resultado.

Entre abril e junho, a companhia obteve receita líquida de R$ 601,1 milhões, uma alta de 23,4% sobre o segundo trimestre do ano passado. O montante acompanhou o volume de transações processadas, que somou R$ 29,5 bilhões, uma expansão dos mesmos 23,4%.

O custo dos serviços prestados, por sua vez, aumentou apenas 4,3%, para R$ 144,2 milhões, enquanto as despesas operacionais avançaram 2,5%, para R$ 81,74 milhões.

Com isso, a geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortizações e depreciações) ficou em R$ 406,3 milhões, elevação de 34,1% sobre o segundo trimestre do ano passado. A margem Ebitda, relação entre geração de caixa e receita líquida, subiu 5,4 pontos percentuais, para 67,6%.

Leia mais sobre lucros

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.