Tamanho do texto

A sul-coreana Posco, quarta maior siderúrgica do mundo, anunciou que seu lucro líquido mais que quadruplicou no primeiro trimestre de 2010, puxado pelo aumento da demanda e dos preços de exportação. O ganho líquido subiu para 1,437 trilhão de wons (US$ 1,3 bilhão) no período, ante os 325 bilhões de wons registrados no mesmo trimestre do ano passado.

A sul-coreana Posco, quarta maior siderúrgica do mundo, anunciou que seu lucro líquido mais que quadruplicou no primeiro trimestre de 2010, puxado pelo aumento da demanda e dos preços de exportação. O ganho líquido subiu para 1,437 trilhão de wons (US$ 1,3 bilhão) no período, ante os 325 bilhões de wons registrados no mesmo trimestre do ano passado. O resultado superou a média das estimativas, que esperavam um ganho líquido de 1,3 trilhão de wons. "O crescimento acentuado se deveu também ao efeito da base de comparação com o ano anterior", afirmou Choi Doo-jin, porta-voz da companhia. O mercado estava de mau humor no início do ano passado, uma vez que os custos das matérias-primas mais altos e os preços mais baixos dos produtos reduziram o lucro da companhia, em meio à incerteza econômica generalizada. O lucro operacional da companhia também cresceu no primeiro trimestre do ano, para 1,447 trilhão de wons, ante os 373 bilhões de wons em igual período de 2009. As vendas aumentaram 7,4%, para 6,950 trilhões de wons, de 6,471 trilhões de wons. Estimulada pela recuperação da demanda por aço, a Posco também revisou para cima sua meta para as vendas no ano em 8,1%, para 31,9 trilhões de wons, em comparação com os 29,5 trilhões que a siderúrgica projetou no início do ano. A companhia aumentou ainda sua meta para a produção de aço em 0,3%, para 34,5 milhões de toneladas, ante 34,4 milhões de toneladas informadas anteriormente. No primeiro trimestre, a Posco vendeu 7,48 milhões de toneladas de produtos de aço sobre uma produção de 8,23 milhões de toneladas e alcançou 28% de sua meta para um corte de custos de 1,15 trilhão de wons para este ano. As informações são da Dow Jones.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.