Haia, 14 jul (EFE).- A Philips registrou lucro de 939 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, queda de 61,5% frente aos 2,444 bilhões de euros obtidos entre janeiro e junho de 2007, informou hoje a companhia.

A Philips lembrou que o recuo se deve principalmente a que, no primeiro semestre do ano passado, entrou nos caixas da empresa o grosso da venda da divisão taiuanesa de fabricação de chips TSMC, que gerou receita de 1,22 bilhão de euros.

No primeiro semestre de 2008, a Philips registrou entradas de 780 milhões de euros com a venda do TSMC, embora tenha sofrido perdas de 299 milhões de euros na divisão de chips NXP.

As vendas totais do gigante da eletrônica tiveram aumento tímido de 3% no primeiro semestre, para 12,428 bilhões de euros, frente 11,963 bilhões de euros entre janeiro e junho de 2007.

A alta se deveu a um crescimento de 16% nos mercados emergentes e aos maiores lucros nos setores e de iluminação, segundo a companhia.

Os resultados refletem "a qualidade e a elasticidade dos planos de negócio de Philips em um entorno macroeconômico que está se deteriorando com rapidez", destacou em nota o presidente da empresa, Gerard Kleisterlee.

Além disso, ressaltou os "fortes resultados" obtidos no setor de saúde e afirmou que a estratégia de "reajuste e crescimento seletivo" no ramo de televisão "está além das previsões". EFE ahg/wr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.