Por Denise Luna RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras informou na sexta-feira que lucrou 7,35 bilhões de reais no quarto trimestre de 2008, alta de 46 por cento em relação ao lucro de 5 bilhões de reais obtido no mesmo período de 2007.

O resultado ficou ligeiramente abaixo da expectativa de analistas, que previam em média 7,6 bilhões de reais, de acordo com prévia da Reuters.

No terceiro trimestre de 2008, o lucro da estatal havia atingido 10,8 bilhões de reais.

No ano passado, a empresa teve lucro de 33,91 bilhões de reais, crescimento de 58 por cento na comparação a 2007.

"Conseguimos esse ganho adicional a partir da produção que cresceu e do aumento dos nossos preços", disse a jornalistas Almir Barbassa, diretor financeiro da Petrobras, durante a divulgação do resultado.

Em comunicado, a Petrobras detalhou que os "melhores preços médios de realização de petróleo e derivados, o aumento da produção de óleo e gás natural..., o maior volume de vendas e o ganho cambial sobre os ativos monetários líquidos em dólar, contribuíram preponderantemente para este desempenho".

Segundo a Petrobras, o reajuste dos preços da gasolina e do diesel em maio de 2008 e o ganho cambial sobre os ativos líquidos em dólar compensaram os problemas registrados no quatro trimestre decorrentes da crise econômica internacional.

"As turbulências no mercado fizeram com que aumentássemos o foco em nossa capacidade de produção, priorizando investimentos que combinam antecipação de fluxo de caixa e maior retorno econômico", observou o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, no comunicado.

Após os reajustes de maio no mercado interno, a Petrobras manteve os preços apesar da queda acentuada das cotações do petróleo no mercado internacional.

A estatal informou ainda que no quarto trimestre o lucro antes de impostos, juros, amortizações e depreciações (Ebitda, na sigla em inglês) caiu para 9,57 bilhões de reais, contra 11,95 bilhões de reais registrados no mesmo período de 2007.

INVESTIMENTOS RECORDES

Segundo Gabrielli, em 2008, os investimentos atingiram 53,3 bilhões de reais, "os maiores da história da Petrobras".

"Esses investimentos possibilitaram um aumento de nossa produção de petróleo e gás natural na ordem de 4,3 por cento, atingindo 2,4 milhões de barris por dia, garantindo a autossuficiência volumétrica para o nosso principal mercado", declarou o presidente.

Nesta sexta-feira, a Petrobras também anunciou um recorde de produção diária no Brasil, superando o volume verificado no final de dezembro de 2007.

Na quarta-feira desta semana, a estatal produziu no país 2.012.654 barris, superando em 12.420 barris o melhor resultado diário anterior, com a entrada nos últimos meses em operação de três novas plataformas na bacia de Campos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.