Rio de Janeiro, 3 mai (EFE).- A Vivo, a maior operadora de telefonia celular do Brasil e que tem como sócias a espanhola Telefónica e a Portugal Telecom, alcançou no primeiro trimestre do ano lucro líquido de 44,3% superior ao do mesmo período do ano passado, informou hoje a companhia.

Rio de Janeiro, 3 mai (EFE).- A Vivo, a maior operadora de telefonia celular do Brasil e que tem como sócias a espanhola Telefónica e a Portugal Telecom, alcançou no primeiro trimestre do ano lucro líquido de 44,3% superior ao do mesmo período do ano passado, informou hoje a companhia. O lucro da Vivo no primeiro trimestre do ano somou R$ 191,9 milhões, 44,3% superior ao dos três primeiros meses de 2009, mas 11,6% inferior ao do último trimestre do ano passado, conforme o comunicado enviado hoje pela empresa aos acionistas. A Vivo informou igualmente que se consolidou como a maior operadora de telefonia celular do país já que no final do primeiro trimestre contava com 53,9 milhões de clientes, com um crescimento de 18,2% frente a março de 2009 (45,6 milhões) e de 4,3% em comparação com dezembro passado (51,7 milhões). A participação da empresa no mercado de telefonia celular no Brasil chegou a 30,12%, contra 29,70% de março de 2009 e 29,75% de dezembro passado. Pelo balanço financeiro, a receita da empresa no primeiro trimestre somou R$ 4,233,2 bilhões, um crescimento de 4,8% na comparação com o mesmo período do ano passado e uma redução de 4,1% frente ao último trimestre de 2009. O Ebita, por sua vez, ficou em R$ 1,273,7 bilhões, valor 3,8% superior ao do primeiro trimestre do ano passado e em 9,1% inferior ao do quarto trimestre do ano passado. A companhia informou igualmente que no primeiro trimestre deste ano realizou investimentos de R$ 328,7 milhões, aporte inferior ao feito no mesmo período do ano passado (-37,1%) como as do último trimestre do ano passado (-51,0%). EFE cm/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.