SÃO PAULO - O lucro líquido da companhia aérea alemã Lufthansa caiu 59% no primeiro semestre deste ano, para 402 milhões de euros, contra 992 milhões de euros registrados em igual período de 2007. Esses dados incluem um ganho excepcional de 503 milhões de euros na primeira metade do ano passado obtido com a venda de sua participação na Thomas Cook, além de outros 71 milhões de euros obtidos com a venda de ações da WAM durante programa de recompra de ativos dessa companhia.

Entre janeiro e junho, a Lufthansa registrou um faturamento de 12,1 bilhões de euros, 19,8% mais que os 10,1 bilhões de euros apresentados em igual intervalo de 2007.

Segundo a companhia, seu lucro operacional aumentou 219 milhões de euros, para 705 milhões de euros nesse período. A Lufthansa afirma que esse resultado indica estabilidade em sua performance operacional, aliada a um ganho de receita de 157 milhões de euros com a consolidação da Swiss.

O conselho de administração da empresa manteve suas projeções para o fechado deste ano. Segundo a Lufthansa, o lucro operacional de 2008 será semelhante ao de 2007. Ela alerta para os riscos que decorrem de uma renovada e duradoura alta nos preços do petróleo, da desaceleração da economia mundial e dos efeitos ainda não avaliados da atual greve de seus funcionários na Alemanha.

A empresa irá publicar seu resultado oficial amanhã.

(José Sergio Osse | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.