SÃO PAULO - A Light, que atua na geração, distribuição e comercialização de energia, encerrou o terceiro trimestre do ano com lucro líquido de R$ 208 milhões, resultado mais de quatro vezes maior que os R$ 50 milhões obtidos em igual período do ano passado, de acordo com o resultado ajustado. De janeiro a setembro o ganho líquido soma R$ 697 milhões, crescimento de 20,6% no comparativo anual.

A companhia credita o bom desempenho ao crescimento de 3,7% no mercado cativo de energia, de 2,2% no consumo de clientes livres e à redução de custos com pessoal, material, serviços.

"A Light vem apresentando uma seqüência de bons resultados, que confirmam a nossa confiança no potencial do negócio e no nosso modelo de gestão, cujo foco está na sustentabilidade, em ações bem estruturadas nas áreas de negócios, bem como no gerenciamento de custos", afirmou o diretor-presidente da companhia, José Luiz Alquéres, por meio de comunicado.

Entre julho e setembro, a receita líquida da empresa apresentou crescimento de 11,1% sobre igual período de 2007, totalizando R$ 1,3 bilhão. E a geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) avançou 46,5%, para R$ 364 milhões. A margem Ebitda subiu de 21,3% para 28%.

A companhia destaca que os resultados referentes a 2007 são "pro forma", desconsiderando as reversões de provisões realizadas no segundo e terceiro trimestres do ano passado, que foram reconstituídas no quarto trimestre daquele ano, não apresentando, assim, impacto no resultado do ano passado.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.