Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lucro da GE cai 5,8% no 2º trimestre para US$ 5,07 bi

O conglomerado industrial General Electric (GE) registrou queda de 5,8% no lucro do segundo trimestre deste ano, prejudicado pela diminuição dos ganhos em seus negócios de financiamento ao consumo e de produtos industriais, que não puderam ser contrabalançados pelo forte crescimento no segmento de infra-estrutura. O conglomerado, cujas operações vão de indústria aos setores financeiros e de comunicação, obteve um lucro líquido de US$ 5,07 bilhões (US$ 0,51 por ação) entre abril e junho deste ano, o que representa uma queda em relação aos US$ 5,4 bilhões (US$ 0,52 por ação) obtidos em igual período do ano passado.

Agência Estado |

Os resultados incluem US$ 400 milhões em encargos com reestruturação e outros gastos para melhorar as operações e reduzir a estrutura de custo.

Para o terceiro trimestre de 2008, a companhia projetou lucro menor e deu uma desanimadora perspectiva para a economia norte-americana. O presidente-executivo da GE, Jeff Immelt, afirmou que a economia dos Estados Unidos está sendo desafiada, observando que a companhia tem tido de "lutar contra as dificuldades de um sobrecarregado consumidor norte-americano, um difícil mercado imobiliário, e de inflação e mercados de capital voláteis".

Entretanto, as preocupações dos investidores diminuíram um pouco já que a GE confirmou a sua orientação para os resultados deste ano, em vez de reduzi-la, como fez no trimestre anterior. Immelt acrescentou que a companhia ainda enxerga oportunidades de crescimento adiante. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG