SÃO PAULO - A espanhola Telefónica encerrou o primeiro semestre de 2008 com lucro líquido 6,2% mais enxuto, de 3,593 bilhões de euros, ante os 3,830 bilhões de euros da primeira metade do ano passado.

Entre abril e junho, a empresa teve lucro líquido de 2,055 bilhões de euros, com queda de 20,2% no confronto com os 2,573 bilhões de euros obtidos nos mesmos três meses de 2007.

O resultado operacional antes de amortizações foi de 11,123 bilhões de euros no semestre e de 5,747 bilhões de euros no trimestre. Em períodos equivalentes de 2007, essas cifras foram 11,270 bilhões de euros e 6,163 bilhões de euros, na ordem.

Quanto à receita, o grupo espanhol somou 28,149 bilhões de euros de janeiro a junho deste exercício e 14,253 bilhões de euros no segundo trimestre. Nas duas comparações com os intervalos correspondentes do ano passado, a elevação foi de 1,2%.

A Telefónica explicou que sentiu o impacto derivado das vendas de ativos Airwave e Sogecable em ambos os períodos.

A companhia avaliou que os resultados do primeiro semestre estão em linha com os objetivos de crescimento marcados para o conjunto do ano, tanto no que diz respeito ao Grupo Telefónica como das distintas regiões, permitindo reiterar todos os objetivos financeiros anunciados para o exercício de 2008.

A Telefónica, que no Brasil tem participação na Vivo, possuía um total de 245,131 milhões de clientes no fim de junho, uma elevação de 15,2% na comparação com um ano antes.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.