Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lucro da Ericsson cai 31% no trimestre e empresa demitirá 5 mil

SÃO PAULO - A sueca Ericsson, maior fabricante mundial de equipamentos de rede de telecomunicações, viu o lucro líquido cair 31% no quarto trimestre de 2008, para 3,89 bilhões de coroas (US$ 462,8 milhões). A empresa antecipou a divulgação dos resultados em uma semana e anunciou ainda que, para reduzir custos frente à crise mundial, vai demitir 5 mil funcionários, entre consultores, temporários e efetivados.

Valor Online |

Mil demissões ocorrerão na Suécia, onde a Ericsson emprega 20 mil pessoas. Em todo o mundo, são quase 79 mil funcionários.

A queda nos ganhos reflete, entre outros fatores, uma despesa de 2,3 bilhões de coroas com reestruturação e a piora no resultado da subsidiária Sony Ericsson. No quarto trimestre, a fabricante de celulares teve prejuízo de 187 milhões de euros.

Por outro lado, as receitas cresceram 23%, atingindo 67,03 bilhões de coroas e superando as estimativas de analistas. O forte crescimento na Índia e as flutuações cambiais beneficiaram as vendas no período, mas a Ericsson não espera que o panorama se repita neste ano. " A recessão econômica está se espalhando pelo mundo. Os efeitos no mercado global de redes móveis pode não ser tão significativo, uma vez que a maioria das operadoras tem posição financeira saudável, há um crescimento forte do tráfego e as redes estão bem carregadas " , comentou o presidente da empresa, Carl-Henric Svanberg. " No entanto, continua difícil prever mais precisamente o quanto o gasto do consumidor de telecomunicações vai ser afetado e como as operadoras vão agir. Até agora, nosso negócio de infra-estrutura quase não foi impactado, mas seria irracional pensar que esse será o caso também no decorrer de 2009. "
(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG