A gigante do setor de entretenimento Walt Disney anunciou uma queda de 32% no lucro do seu primeiro trimestre fiscal (outubro/dezembro), que reflete menores vendas de DVDs e um declínio nas vendas de espaço publicitário em suas redes de tevê a cabo. Além disso, os números de lucro líquido e receita ficaram ligeiramente abaixo do esperado por Wall Street no quarto trimestre.

O fraco resultado levou as ações da companhia a caírem para as mínimas em cinco anos e meio nas transações do after-hours. Há pouco, as ações da Disney recuavam 7,61% para US$ 19,05. No pregão regular desta terça-feira, as ações da Disney fecharam a US$ 20,62, em alta de US$ 2,08.

A Disney informou que obteve um lucro de US$ 845 milhões (US$ 0,45 por ação) no primeiro trimestre fiscal, de um lucro de US$ 1,25 (US$ 0,63 por ação) registrado em igual período do ano fiscal 2008. Excluindo um ganho com a venda de dois serviços de tevê paga latino-americana, a companhia disse que teria um lucro de US$ 0,41 por ação.

Segundo pesquisa da Thomson Reuters, os analistas estavam esperando um lucro de US$ 0,41 por ação - excluindo itens - sobre uma receita de mais de US$ 10 bilhões. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.