A Caterpillar, fabricante norte-americana de maquinários pesados, anunciou hoje um lucro muito acima das expectativas no primeiro trimestre de 2010, embora as vendas tenham caído e os impostos aumentado. A companhia, que é uma das 30 ações do índice Dow Jones, também elevou as metas para 2010, projetando agora um lucro de US$ 2,50 a US$ 3,25 por ação e receita de US$ 38 bilhões a US$ 42 bilhões.

A Caterpillar, fabricante norte-americana de maquinários pesados, anunciou hoje um lucro muito acima das expectativas no primeiro trimestre de 2010, embora as vendas tenham caído e os impostos aumentado. A companhia, que é uma das 30 ações do índice Dow Jones, também elevou as metas para 2010, projetando agora um lucro de US$ 2,50 a US$ 3,25 por ação e receita de US$ 38 bilhões a US$ 42 bilhões. Em janeiro, as perspectivas eram de quase US$ 2,50 por ação e US$ 35,6 bilhões a US$ 40,5 bilhões. A empresa registrou um lucro de US$ 233 milhões, ou US$ 0,36 por ação, ante prejuízo de US$ 112 milhões, ou US$ 0,19 por ação, no mesmo intervalo do ano passado. Excluindo itens extraordinários, como despesas fiscais relacionadas à nova legislação de saúde e impacto relacionado à reestruturação no ano anterior, o lucro por ação subiu para US$ 0,50 no primeiro trimestre, de US$ 0,39 no ano passado. A receita caiu 11%, para US$ 8,24 bilhões. Analistas previam lucro de US$ 0,39 por ação e receita de US$ 8,84 bilhões. "As condições econômicas definitivamente estão melhorando, sobretudo nas economias em desenvolvimento no mundo", disse Jim Owen, presidente e executivo-chefe da Caterpillar. "A atividade na indústria e as encomendas são significativamente maiores do que no ano passado e estão nos níveis recordes em algumas áreas. Como resultado, estamos trabalhando duro para elevar a produção para suprir a crescente demanda dos clientes." As vendas de maquinários no primeiro trimestre encolheram 1% na comparação com igual período de 2009, menor queda desde o começo da recessão. Já as de motores recuaram 28% nos três primeiros meses do ano. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.