Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lucro da BMW cai 36,4% mas grupo resiste à crise

A montadora alemã BMW anunciou nesta quinta-feira um lucro líquido de 201 milhões de euros (US$ 287 milhões) em 2009, uma queda de 36,4% em relação a 2008.

AFP |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561654330&_c_=MiGComponente_C

Apesar da crise, que afetou consideravelmente as vendas da BMW - baixa de 12,6%, a 1,25 milhão de veículos -, o grupo de automóveis de luxo conseguiu um resultado bem melhor que a grande rival Daimler, que anunciou em fevereiro um prejuízo de 2,6 bilhões de euros em 2009.

"Somos prudentemente otimistas para o próximo anos", declarou o presidente da BMW, Norbert Reithofer.

A empresa projeto um aumento das vendas, com a comercialização de mais de 1,3 milhão de veículos.

A BMW também anunciou um dividendo sem alterações para 2009, a 0,30 euro por ação (e 0,32 euro por ação preferencial).

Leia mais sobre: BMW

Leia tudo sobre: bmwempresamontadoras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG