Nova York, 20 out (EFE) - A companhia americana de cartões de crédito American Express informou hoje que nos nove primeiros meses do ano lucrou US$ 2,459 bilhões (US$ 2,12 por ação), o que supõe uma queda de 23% em relação ao mesmo período de 2007.

Só no terceiro trimestre do ano o lucro da firma caiu 24%, até US$ 815 milhões (US$ 0,70 por ação), em comparação com os US$ 861 milhões (US$ 0,74 por título) de um ano antes.

No entanto, o faturamento do grupo aumentou 8% nos nove primeiros meses do ano (até US$ 21,859 bilhões) e 3% entre julho e setembro (até US$ 7,164 bilhões).

A American Express detalhou através de um comunicado que a queda do lucro foi causada, em parte, à reserva de grandes quantidades de dinheiro para se proteger de falta de pagamentos, embora também por uma contenção da despesa entre seus clientes.

De fato, o montante usado para cobrir empréstimos de difícil cobrança alcançou os US$ 1,37 bilhão, o que representa um aumento de 51% em relação ao terceiro trimestre de 2007. EFE mgl/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.