Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lucro da ALL cai 46,2% no terceiro trimestre para R$ 87 milhões

SÃO PAULO - A América Latina Logística (ALL) encerrou o terceiro trimestre do ano com ganho líquido de R$ 87 milhões, o que representa uma queda de 46,2% em comparação com os R$ 161,6 milhões obtidos em igual período do ano passado. Excluindo um ganho extraordinário, registrados no terceiro trimestre de 2007, o ganho da companhia teria aumentado em 23%.

Valor Online |

Nos nove primeiros meses do ano, a companhia lucrou R$ 214,9 milhões, montante mais de duas vezes maior que os R$ 105,8 milhões registrados entre janeiro e setembro de 2007.

Entre julho e setembro a receita da companhia, que opera mais de 21.300 km de malha ferroviária, aumentou 10,9%, totalizando R$ 676,3 milhões. A geração operacional de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) avançou em 17,6%, para R$ 321 milhões, com margem de 47,5%.

Em comunicado, o diretor-presidente da ALL, Bernardo Hees, destaca que tal crescimento acontece apesar da companhia encarar "um dos cenários de mercado mais difíceis já enfrentados em um terceiro trimestre".

Segundo Hess, as exportações agrícolas nos portos onde a ALL opera caíram 33% no trimestre, comparada ao mesmo período de 2007, refletindo a decisão dos produtores e das traders em manter a produção estocada a espera de uma melhora nos preços das commodities e na taxa de câmbio. Por outro lado, a participação de mercado da empresa nos portos passou de 50% no no terceiro trimestre de 2007 para 71%, compensando boa parte da contração nas exportações.

O custo consolidado dos serviços prestados cresceu 6,9%, para R$ 369,1 milhões. Na operação brasileira o aumento de custo foi de 2,4%, para R$ 327 milhões, refletindo maiores volumes transportados e custos com contratos de terceirização. Já na Argentina, o custo avançou 62,7%, para R$ 42,1 milhões, também reflexo de maiores volumes transportados e da valorização do peso ante o real.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG