SÃO PAULO - O grupo francês de produtos de luxo Louis Vuitton desistiu de abrir sua loja no distrito comercial de Ginza, em Tóquio. A crise financeira global alterou a decisão da empresa.

Conforme o jornal Nikkei, a iniciativa foi tomada após a Louis Vuitton notar que o ambiente de negócios não era adequado para fazer um investimento tão grande. A loja seria uma das maiores da francesa no mundo e poderia competir em tamanho com aquela em Paris.

Nos nove meses terminados em setembro, a marca francesa divulgou uma queda de 7% das vendas no Japão em relação a um ano atrás. Na última semana, a empresa anunciou que poderia cortar preços no território japonês.

(Vanessa Dezem | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.