A cimenteira argentina Loma Negra, controlada pela Camargo Corrêa, se transformou esta semana na quinta empresa a deixar a Associação Empresarial Argentina, depois que Néstor Kirchner se mostrou indignado com o fato de a cúpula da associação ter se reunido com o juiz da Suprema Corte Ricardo Lorenzetti, segundo o jornal La Nación. Segundo Kirchner, as empresas tentam influenciar a Justiça a barrar a lei que impõe limitações aos meios de comunicação no país.

A cimenteira argentina Loma Negra, controlada pela Camargo Corrêa, se transformou esta semana na quinta empresa a deixar a Associação Empresarial Argentina, depois que Néstor Kirchner se mostrou indignado com o fato de a cúpula da associação ter se reunido com o juiz da Suprema Corte Ricardo Lorenzetti, segundo o jornal La Nación. Segundo Kirchner, as empresas tentam influenciar a Justiça a barrar a lei que impõe limitações aos meios de comunicação no país.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.