Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lojas Americanas prevê crescimento real de 2% das vendas neste ano

SÃO PAULO - A Lojas Americanas trabalha neste ano com uma meta de crescimento real de pelo menos 2% nas chamadas vendas mesmas lojas, conceito que considera apenas o desempenho de unidades com mais de um ano de operação. A conta é conservadora, dado que o grupo mostrou um crescimento nominal - aquele que não deduz o índice de inflação - de 11% na receita líquida dessas lojas durante o ano passado. Considerando a projeção do mercado de uma inflação medida pelo IPCA de 5% para este ano, a meta da Lojas Americanas para 2010 seria de um crescimento de 7% em valores nominais.

Valor Online |

Durante teleconferência com analistas realizada hoje, o diretor de finanças e de relações com investidores da empresa, Timotheo Barros, assinalou, no entanto, que essa marca poderá ser superada. " Nosso histórico mostra resultados robustos ano contra ano " , disse.

A varejista reportou um lucro líquido de R$ 152 milhões no ano passado, 69,8% acima do resultado de 2008 (R$ 89,5 milhões).

Nessa base de comparação, a receita líquida consolidada do grupo avançou 19,5%, para R$ 8,335 bilhões, enquanto o resultado operacional medido pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) subiu 22,9%, chegando a R$ 1,1 bilhão (margem de 13,2%).

(Eduardo Laguna | Valor)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG