Tamanho do texto

Nova York, 21 out (EFE).- A Lockheed Martin, maior fabricante mundial de equipamento para indústria militar e aeronáutica, anunciou hoje que nos nove primeiros meses do ano ganhou US$ 2,39 bilhões (US$ 5,82 por ação), o que representa um avanço de 7,1% em relação ao mesmo período de 2007.

As vendas do grupo americano com sede em Maryland também registraram um aumento de 1,8% e alcançaram US$ 31,59 bilhões.

Só durante o terceiro trimestre do ano, a fabricante dos aviões de combate F-16 e dos mísseis Patriot lucrou US$ 10,57 bilhões (US$ 1,92 por ação), 2% a mais do que entre julho e setembro de 2007.

A empresa revisou para baixo as previsões de lucro em 2009, cifrando-as entre US$ 7,65 e US$ 7,9 por ação, muito abaixo do calculado pelos analistas.

Os resultados publicados foram favorecidos pela receita de US$ 44 milhões no terceiro trimestre relacionada com a venda em 2006 de sua participação em negócios de serviços para lançamentos de satélites comerciais.

Para o conjunto deste ano, a empresa prevê ganhar entre US$ 7,55 e US$ 7,7 por ação, US$ 0,1 a mais do que o apontado pelos analistas e do que a própria companhia tinha calculado previamente. EFE mgl/ab/jp