Tamanho do texto

SÃO PAULO (Reuters) - A Locaweb decidiu abandonar completamente o projeto de ir à bolsa, com a decisão de pedir o cancelamento de seu registro de companhia aberta. A empresa, de hospedagem de sites e prestação de serviços de tecnologia, informou nesta terça-feira que os acionistas aprovaram em assembléia a proposta de cancelar o registro de empresa aberta. O conselho já havia aprovado a decisão no dia 15 de dezembro.

A Locaweb já havia postergado uma oferta pública de ações.

A decisão é mais um reflexo do desaquecimento do mercado acionário. Depois das 64 estréias na bolsa em 2007, o número despencou para quatro em 2008, com muitas desistências e adiamentos ao longo do ano.

A Locaweb se tornou uma sociedade anônima em setembro de 2007, iniciando o processo de reorganização que ela pretendia finalizar com a oferta pública de ações ao mercado.

Ela reuniu as três empresas que compunham o grupo na Locaweb Serviços de Internet e pretendia iniciar a venda de papéis entre janeiro e fevereiro deste ano, mas, diante da volatilidade do mercado, adiou a decisão por tempo indeterminado.

Em setembro, em entrevista à Reuters, a empresa ainda mantinha planos de manter o registro de companhia aberta para poder ser ágil na oferta de ações assim que o mercado se recuperasse, segundo informou o diretor de relações com investidores, Celso Nunes.

Fundada em 1998, a companhia teve uma receita bruta de 74,5 milhões de reais em 2007, com margem Ebitda de 40,9 por cento, segundo dados informados pela empresa.

FINANCIAMENTO E DIVIDENDOS

A reunião de conselho da Locaweb também aprovou a captação de um financiamento de 12 milhões de reais para viabilizar projetos de expansão de capacidade e das instalações da empresa.

Os conselheiros ainda aprovaram a distribuição de 933,4 mil reais em juros sobre capital próprio, que serão pagos em abril de 2009.

(Reportagem de Taís Fuoco, Edição de Renato Andrade)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.