O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, afirmou hoje que a Petrobras vai enviar gás a Santa Catarina, por meio de caminhões, para manter o Estado abastecido enquanto são realizadas as obras de reparo no gasoduto que foi rompido pelas tempestades que atingem a região. Temos um plano B para todas essas emergências.

Estamos trabalhando intensamente na restauração do gasoduto e, enquanto isso, a Petrobras está enviando gás por uma frota de caminhões", disse o ministro.

O rompimento do Gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol), que ocorreu no último domingo (dia 23) no município de Blumenau (SC), compromete o fornecimento de gás natural em parte de Santa Catarina (a partir do ponto atingido) e do Rio Grande do Sul. Segundo Lobão, os reparos no duto deverão levar de 15 a 20 dias para serem concluídos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.