O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse hoje que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá pedir urgência na votação no Senado dos projetos para a produção e exploração do petróleo da camada pré-sal. Tenho convicção de que ainda este ano teremos a finalização da votação na Câmara.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237574042356&_c_=MiGComponente_C

Caso o Senado atrase, o presidente pode solicitar urgência", disse o ministro, em Nova York, nos Estados Unidos, onde faz palestra organizada pela Câmara de Comércio Brasil/EUA para investidores e fala em almoço promovido pelo Conselho das Américas.

De acordo com Lobão, enquanto o Congresso não votar projetos de lei relacionados à nova legislação de produção e exploração do pré-sal, não haverá autorização para leilões na área. O objetivo, explicou ele, é garantir que a exploração se "dê sob a égide da nova legislação". "Não temos muita preocupação. Temos certa pressa, mas enquanto não forem votados os projetos, não autorizaremos leilão na área do pré-sal", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.