Tamanho do texto

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse hoje, em reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, que a greve dos petroleiros não prejudicou a produção de petróleo até agora. Gabrielli fez um relato e disse que está otimista com as negociações, disse Lobão.

Embora a proposta apresentada ontem pela Petrobras não tenha agradado aos petroleiros, a greve com parada de produção na Bacia de Campos será encerrada amanhã, afirmou hoje o coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Norte-Fluminense (Sindipetro-NF), José Maria Rangel. Segundo ele, o pleito pelo pagamento do dia do desembarque das plataformas passará a ser discutido agora no âmbito nacional, com o apoio da Federação Única dos Petroleiros (FUP).