Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lobão: é possível Aneel adiar leilão de linhas do Madeira

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, confirmou hoje que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) analisa a possibilidade de adiar, em até 30 dias, a realização do leilão de linhas de transmissão das usinas hidrelétricas do Rio Madeira, em Rondônia. O leilão está marcado para ocorrer no dia 31 de outubro.

Agência Estado |

Segundo Lobão, se o adiamento acontecer, ele atenderá a pedidos de empresários que alegam ter interesse em participar da licitação, mas estão tendo dificuldades de captação de recursos por causa da crise financeira internacional. "Há a possibilidade de a Aneel vir a adiar o leilão, mas não mais do que por 30 dias e sem prejuízo do cronograma de entrega da obra", afirmou o ministro, após solenidade de assinatura de contratos com as empresas vencedoras do leilão de linhas de transmissão ocorrido em junho deste ano.

De acordo com o ministro, é interesse do governo que haja o maior número de competidores no leilão das linhas do Rio Madeira e, por isso, os problemas de liquidez internacional, que podem atrapalhar o interesse das empresas, está sendo considerado. "A Aneel está estudando isso com responsabilidade e cuidado técnico", acrescentou Lobão.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG