Tamanho do texto

A LLX, empresa de logística do grupo EBX, do empresário Eike Batista, encerrou o primeiro trimestre de 2010 com lucro líquido de R$ 2,293 milhões, saindo de prejuízo de R$ 11,286 milhões em igual trimestre de 2009. A receita líquida no final de março era de R$ 6,595 milhões, 69,58% maior que a de R$ 3,889 milhões no primeiro trimestre de 2009.

A LLX, empresa de logística do grupo EBX, do empresário Eike Batista, encerrou o primeiro trimestre de 2010 com lucro líquido de R$ 2,293 milhões, saindo de prejuízo de R$ 11,286 milhões em igual trimestre de 2009. A receita líquida no final de março era de R$ 6,595 milhões, 69,58% maior que a de R$ 3,889 milhões no primeiro trimestre de 2009. Os empreendimentos de terminais portuários da LLX estão em fase pré-operacional. Contribuem para a receita a Pedreira Sepetiba, empresa operacional e proprietária do terreno onde será localizado o Porto Sudeste, e o aluguel entre LLX e a UTE Porto do Açu Energia, de área no Superporto do Açu. O resultado financeiro líquido ficou positivo em R$ 9,691 milhões, 13,8% menor que os R$ 11,245 milhões do primeiro trimestre de 2009.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.