Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Liquidante da empresa de Madoff pede mais US$ 29 milhões

Nova York, 29 dez (EFE).- O liquidante da firma de investimentos de Bernard Madoff, acusado de orquestrar a que pode ser a maior fraude da história através de um esquema das chamadas pirâmides financeiras, solicitou dispor de US$ 29 milhões para pagar salários e outras despesas administrativas.

EFE |

Segundo a documentação registrada no Tribunal de Falência de Nova York, o Bank of New York Mellon já aceitou transferir essa quantia à entidade criada por Irving Picard.

Picard foi designado pela Corporação para a Proteção dos Investidores das Bolsas de Valores (SIPC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos para presidir a entidade que controla o processo de liquidação da empresa de Madoff.

Até o momento já se transferiram à entidade de Picard mais de US$ 880 mil para pagamento de salários e outros custos associados.

Madoff está em prisão domiciliar depois que, em 11 de dezembro, confessasse ser o responsável por uma fraude que pode chegar a US$ 50 bilhões, segundo seus próprios cálculos. EFE mgl/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG