Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Liga Árabe pede que mundo restabeleça paz na Somália para fim da pirataria

Cairo, 4 nov (EFE).- A Liga Árabe pediu hoje que a comunidade internacional ajude a Somália a restabelecer a paz em seu território para colocar fim à pirataria registrada em frente a seu litoral.

EFE |

O pedido foi feito em comunicado divulgado após uma reunião extraordinário realizada pelos delegados permanentes da organização pan-árabe na sede do Cairo.

"Os casos de pirataria nas águas regionais da Somália são gerados pela falta de instituições do Estado somali devido à guerra civil que castiga a Somália desde 1991", ressalta a nota.

Nesse sentido, a Liga Árabe pediu à ONU, à União Africana e às organizações marítimas mundiais que ajudem urgentemente o Governo somali para que possa proteger seu litoral e garantir as operações de transporte pelo mar e a chegada de assistência humanitária.

Além disso, pediu aos Estados árabes, especialmente os à margem do Mar Vermelho e do Golfo de Áden - Egito, Arábia Saudita, Sudão, Iêmen e Djibuti, além da Somália - para contribuir com a segurança da região.

No sábado passado, o Egito convocou uma reunião com esses países para coordenar a cooperação na luta contra a pirataria somali.

O pedido foi feito pelo ministro de Assuntos Exteriores egípcio, Ahmed Abu el-Gheit, informou um porta-voz oficial citado pela agência estatal "Mena". A reunião acontecerá no Cairo ao longo deste mês, mas, por enquanto, não se sabe a data exata.

O último incidente aconteceu na quinta-feira passada, quando um cargueiro com 20 pessoas a bordo de nacionalidade turca foi seqüestrado por piratas nas águas somalis do Golfo de Áden, informou a Secretaria de Estado da Marinha turca. EFE aj/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG