Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Líderes nos EUA ainda tentam finalizar plano de socorro

Os líderes da Casa Branca e do Congresso dos EUA prometerem que vão continuar trabalhando juntos para finalizar um plano de socorro de US$ 700 bilhões para o setor financeiro, afirmou a porta-voz da Casa Branca Dana Perino. Existe um claro senso de urgência e concordância sobre a necessidade de estabilizar os mercados financeiros e evitar que uma massiva crise financeira afete todos na América, disse Perino.

Agência Estado |

 

Acordo Ortográfico

O comunicado foi emitido após o encontro entre o presidente George W. Bush, líderes do Congresso de ambos os partidos e os candidatos à presidência Barack Obama (Democrata) e John McCain (Republicano), para discutir o plano.

No início da tarde, representantes de ambos os partidos disseram que um "acordo fundamental" havia sido alcançado sobre o pacote e previam uma rápida aprovação da legislação nas duas casas.

Contudo, o senador republicano Richard Shelby, contrário ao pacote, disse à imprensa, após o encontro, que os legisladores ainda não tinham alcançado um acordo sobre o plano de socorro. "Eu não acredito que temos um acordo", disse Shelby, que é membro do Comitê de Bancos do Senado. "Ainda existem muitas opiniões diferentes." As informações são da Dow Jones.

Leia mais sobre crise econômica

Leia tudo sobre: bancoscrise econômica

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG