Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Líder republicano contra cláusula protecionista do plano de Obama

O líder da minoria republicana do Senado, Mitch McConnell, criticou a polêmica cláusula Compre América do pacote do presidente Barack Obama, que proibiria a compra de aço e ferro estrangeiros para projetos constantes do plano.

AFP |

"Não acho que seja necessário utilizar um projeto temporário e específico para desatar guerras comerciais num momento em que o mundo inteiro enfrenta uma desaceleração econômica", declarou McConnell em entrevista à imprensa.

Os republicanos detêm 41 cadeiras das 100 do Senado.

Na sexta-feira, o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, havia dito que o governo americano estaria reconsiderando a polêmica cláusula.

A "Compre América" havia sido muito bem recebida por sindicatos e fabricantes locais, mas despertou protestos de empresas e parceiros comerciais.

A cláusula acabaria por prejudicar não apenas os europeus, mas, principalmente o Brasil, que é o maior exportador de ferro e um dos maiores exportadores mundiais de aço.

Se o item em questão passar no Senado, violaria os compromissos da Organização Mundial de Comércio, afirmou o porta-voz da Comissária de Comércio da UE, Catherine Ashton, Peter Ashton.

col/bar/sd

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG