Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Licenciamento integral para usina de Jirau sai até o final do ano, diz Minc

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, informou nesta quarta-feira que a licença integral para a construção da Usina Hidrelétrica de Jirau sairá até o final deste ano. Ainda hoje, o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deve conceder uma licença parcial para que as obras sejam iniciadas imediatamente.

Sarah Barros, Último Segundo/Santafé Idéias |

A licença será seguida de algumas exigências. Entre elas está a necessidade de a empresa responsável pelas obras assumir o trabalho de preservação de animais ameaçados de extinção na Amazônia, como a onça pintada. Não é uma exigência só para [a hidrelétrica de] Jirau, mas para todo grande licenciamento daqui para frente. Além de adotar parques florestais, eles terão que adotar espécies em extinção, pontuou Minc. As duas reservas a receberem recursos da empresa Energia Sustentável do Brasil para custeio e manutenção são a reserva biológica de Cuniã e a reserva extrativista de Cuniã, ambas localizadas em Porto Velho (RO).

O ministro assinalou ainda que a licença para Jirau não foi concedida na mesma época da liberação para a usina de Santo Antônio, também no Rio Madeira, devido à necessidade de estudos sobre a mudança do eixo das obras, alterado em 9 km. Ele negou ainda que a decisão sobre liberar as obras tenha sido tomada rapidamente devido a pressão. Apesar das pressões, não nos açodamos. Um modelo matemático vai demonstrar que não houve aumento no impacto ambiental com a mudança do eixo, afirmou o ministro.

O anúncio de detalhes da licença está previsto para a manhã desta quinta-feira. Ainda nesta noite, a Agência Nacional de Águas (ANA) e o Ibama fecham detalhes sobre a liberação. De acordo com o ministério de Minas e Energia, a usina de Jirau terá capacidade instalada de 3.300 MW e poderá comprometer planos de suprimento energético do País se não for concluída até 2013.

Leia mais sobre hidrelétricas

Leia tudo sobre: jirau

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG