Brasília, 11 - O diretor de Agronegócios do Banco do Brasil, José Carlos Vaz, afirmou hoje que as liberações de financiamentos da instituição para todas as linhas do agronegócio cresceram 36,9% no período de julho a outubro deste ano, na comparação com o mesmo período de 2007. As linhas de custeio para a agricultura empresarial cresceram 47,9% e para a agricultura familiar, 20,9%.

No total, foram liberados R$ 11,6 bilhões pelo banco aos agricultores neste ano-safra.

O executivo vai participar, no Ministério da Agricultura, de uma reunião para discutir o impacto das medidas anunciadas pelo governo para apoio ao setor rural.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.