Tamanho do texto

O chairman da fabricante de computadores Lenovo, Liu Chuanzhi, disse nesta sexta-feira que a empresa está considerando mais fusões e aquisições internacionais e que irá precisar de empréstimos bancários para financiar tais negócios. Liu falou com jornalistas durante o encontro anual do parlamento chinês, o Congresso Nacional do Povo.

Liu, cofundador da Lenovo, assumiu o posto de presidente do conselho de administração da empresa no mês passado, retornando ao cargo que tinha deixado em 2005.

Desde que comprou a divisão de computadores pessoais da IBM, em 2005, a Lenovo demonstrou interesse em ao menos dois acordos de fusões e aquisições, mas nenhum foi concluído. Em dezembro, a Lenovo informou ter desistido de comprar a brasileira Positivo Informática em razão da conjuntura econômica. Na época, a Positivo disse que havia rejeitado oferta de R$ 18 por ação apresentada pela empresa chinesa. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.