Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Leilões de milho negociam 38% de opção pública e 26% de Prop

São Paulo, 30 - O leilão de prêmio de risco (Prop) para milho do Mato Grosso resultou hoje na negociação de 518 dos 2 mil contratos de 27 toneladas ofertados, ou 25,9% do total. O Prop visa estimular o setor privado a comprar milho do MT, pagando ao produtor um preço de R$ 14,52 a saca, e transferi-lo para centros consumidores do Nordeste, norte de Minas Gerais e Espírito Santo.

Agência Estado |

Para o produto depositado na região norte do Mato Grosso, o prêmio era de R$ 1.998,00 por contrato (R$ 4,44 a saca) no caso do escoamento para a região Nordeste e R$ 1.296,00 por contrato (R$ 2,88 a saca) para o norte de Minas Gerais e Espírito Santo. O cereal depositado no sul do Mato Grosso teve prêmio de R$ 1.188,00 por contrato (R$ 2,64 a saca) para escoamento para a região Nordeste e R$ 486,00 por contrato (R$ 1,08 a saca) para o norte de Minas Gerais e Espírito Santo.

Os arrematantes do prêmio devem lançar agora contratos de opção de venda de milho, o que acontecerá em 11 de novembro. O prêmio só será pago quando o arrematante comprovar a compra do milho.

O governo também realizou hoje leilão de contratos de opção pública para milho do Mato Grosso. Foram ofertados 11.111 contratos e arrematados 4.293, ou 38,64%. Nesta modalidade de leilão, o comprador é o próprio governo, que oferece pagamento de R$ 14,52 a saca na data do exercício da opção, que é 29 de dezembro.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG