O leilão de uma fazenda do Grupo Canhedo Azevedo que ocorreria amanhã por decisão do TRT-SP (Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo) para o pagamento das dívidas trabalhistas da Vasp foi suspenso. No início da noite de ontem, o tribunal recebeu uma decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça), de relatoria do Ministro Fernando Gonçalves, suspendendo a realização do leilão.

A Fazenda Piratininga está avaliada em R$ 615 milhões, e pagaria parte da dívida de R$ 1 bilhão da empresa com os trabalhadores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.