Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Leilão de biodiesel comercializa R$ 687 milhões

O leilão de biodiesel realizado hoje pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) comercializou 264 milhões de litros de 23 unidades. O valor total pago foi de R$ 687 milhões.

Agência Estado |

O valor médio da venda foi de R$ 2,60, um deságio de 0,59% sobre o valor de referência dado pela ANP no início do leilão, de R$ 2,62. No total foram movimentados 347 milhões de litros, mas apenas 264 milhões estavam previstos para serem adquiridos hoje.

Segundo a ANP, a ADM foi a maior vendedora, responsável por 12,8% no volume negociado, ou 33,9 milhões de litros. No leilão, das unidades participantes, nove são do Centro-Oeste, quatro do Nordeste, quatro do Sul, duas do Sudeste e uma do Norte do País.

Amanhã, terá um novo leilão de biodiesel visando a comercialização de 66 milhões de litros. O objetivo dos dois leilões é atender à demanda gerada pela adição obrigatória de 3% de biodiesel ao óleo diesel vendido no Brasil. A mistura, chamada B3, entrou em vigor em 1ºde julho. Estão habilitadas para participar 57 empresas.

O leilão de hoje foi aberto somente para produtores detentores do selo "Combustível Social", e o 11º Leilão, amanhã, será destinado a todas as empresas que cumpram as exigências da ANP. Para participar de qualquer um dos leilões, os produtores precisam ter autorização da ANP para exercer a atividade de produção de biodiesel, contar com o registro especial da Secretaria da Receita Federal e cadastro no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (Sicaf).

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG