O banco de investimentos americano Lehman Brothers discutia nesta segunda-feira com o banco britânico Barclays a venda de grande parte de suas atividades, 24 horas após a instituição inglesa desistir da aquisição completa, informa o site do Wall Street Journal nesta terça-feira.

Citando uma fonte ligada às negociações, o jornal revela que as tratativas são lideradas, no lado britânico, por Archibald Cox, presidente do Barclays America, e envolvem o principal ativo do Lehman: suas atividades de subscrições de ações e de obrigações, o conselho de fusões e aquisições e os investimentos em Bolsa.

O Barclays não estaria interessado nas atividades no exterior que o Lehman desenvolveu fortemente nos últimos anos, segundo o jornal.

A rapidez é essencial porque a cada dia que passa o Lehman perde seus melhores ativos: seus funcionários altamente prestigiados no meio financeiro.

Leia mais sobre: Lehman Brothers

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.